Alexa Echo Dot VS Google Home Assistente

Quem acompanha a pagina sabe o quanto gosto de assistentes pessoais, já fiz varias demonstrações de utilização da Google Home, inclusive ja mostrei pra vocês como ter ela no espelho inteligente. Pensando nisso, nada mais justo do que avaliar uma contra a outro.

Amazon Echo Dot Alexa

Desenvolvida pela subsidiaria da Amazon. Os aparelhos Echo com palavra de ativação “Alexa” possui a capacidade de interagir por voz e executar determinadas ações, lançada em novembro de 2014 veio como mais um dispositivo pra ajudar nosso dia a dia e tornar as coisas mais interessantes.

Google Home Assistente

Desenvolvida diretamente para concorrer com a Alexa, a Google Home teve seu primeiro aparelho lançado em novembro de 2016, com a mesma proposta de servir como assistente pessoal, no entanto não se enganem, nessa época a Google ja possuía muitos usuários de Smartphones com sistema operacional android instalado. Atualmente pode ser ativada por “ok google” ou “Hey Google”.

VEJA O VÍDEO

E A DISPUTA COMEÇA A PARTIR DO TÓPICO A SEGUIR

DESIGN

Estamos falando aqui das duas versões que se equiparam, a versão Echo Dot da Amazon e a Google Home Mini, como podemos observar as duas possuem uma grande semelhança, formato arredondado, com uma especie de pano/tela por onde sai o som e o material plastico utilizado nas duas é extremamente semelhante.

Google Home Mini
Amazon Alexa Echo Dot 3°Geraçao

No quesito Design acredito que a maioria dos usuários assim como eu preferem a Alexa, pois ela possui um anel de Led que dá um tom mais futurístico no dispositivos, enquanto a Minizinha exibe apenas seus leds RGB na sua parte superior e que na maior parte do tempo estão na cor branca, desta forma a Alexa fica com uma aparência mais amigável e expressiva

Ainda sobre a temos um ponto importante a ser destacado, Alexa possui botoes táteis visíveis o que na minha opinião derruba a proposta futurista, já do outro lado a assistente do Google que não possui nenhum botão visível, no entanto é possível controlar o volume com toques na suas laterais, para desligar o microfone tem um interruptor físico. Alem dos botões visíveis a Alexa echo dot em todas as suas versões possui uma saída de áudio P2.

Interfaces Echo Dot
Interfaces G. Home Mini

INTERFACES DE ÁUDIO

Apesar das duas possuírem qualidade de som satisfatório em ambientes pequenos as vezes se tem a necessidade/vontade de escutar o som com mais qualidade e volume, para suprir essa necessidade as duas possuem conectividade Bluetooth, que possibilita que o som delas seja transmitido em uma caixa de som maior.

Neste quesito temos um ponto a mais para assistente da Amazon pois ela possui uma saída de áudio P2 e dessa forme é possível liga-la em qualquer aparelho de som com entrada auxiliar. Esse tipo de funcionalidade chama muito a atenção principalmente aqui no Brasil que a maioria das pessoas costuma ter um equipamento por muitos anos, desta forma alguém que possua um aparelho de som antigo que não dispõe de conexão Bluetooth pode muito bem conectar a Alexa nesse som antigo.

INTELIGENCIA ARTIFICIAL – SOFTWARE

Os dois dispositivos fazem praticamente a mesma coisa, você faz uma pergunta e eles respondem, desde pesquisas na internet, calculo e cotação de moedas. Você pede pra que elas coloquem um alarme, ligar uma lampada, criar um lembrete e elas criam, nesse quesito elas são praticamente iguais.

A maioria dos usuários preferem a voz e a forma de falar da Alexa, por ser mais “humanizada” a Google realmente tem um sistema de fala um pouco mais robotizado, no entanto, não acredito que a diferença seja tanta, em algumas ocasiões achei a Google mais cordial.

Com as duas também é possível a criação de rotinas, onde você configura uma serie de ações a serem executadas a partir de um único comando ou horário predeterminado.

Percebi que as duas ao longo do tempo vão executando as ações com mais exatidão, como explico em vídeo, no começo a Alexa questiona muito pra ter certeza do que o usuário esta pedindo, após uma semana de uso ela já fica mais esperta e um pouco menos cordial, ela para de anunciar que executou a ação que você solicitou.

O controle de volume nas duas pode ser dado através da voz ou nos seus “botões”, na Alexa o volume vai de Zero a 10 e seu anel de LED identifica visualmente o volume, na Google Home o volume é de 0 a 100% exibindo com seus LEDS a quantidade de volume selecionada.

No que se trata de reconhecimento de fala, a Alexa detecta melhor em ambientes com ruídos, enquanto achei bem mais acertada a detecção do que estou dizendo na Google Home.

Alexa possui uma aba de configurações de habilidades (skils) que torna mais amigável seu uso no dia a dia, na Google eles não chamam de habilidades, no entanto, é possível fazer praticamente as mesmas configuração da Aba Skils no Aplicativo Google Home, configurável pelo Smartphone.

COMPATIBILIDADE

Por serem concorrentes diretas elas não se dão muito bem, por este motivo Alexa não é compativel com Chromecast’s ou com qualquer outro tipo de serviço Google.

Neste quesito dou créditos a Google Home pois é possível rodar musicas em outros alto falantes inteligentes e videos no Chromecast.

Alexa possui uma gama maior de serviços de Streaming de música, sendo eles: Deezer, Spotify e Amazon Music, enquanto o Google possui apenas compatibilidade com o Spotify, em contra partida a Google Assistente possui compatibilidade com a NetFlix, embora a Alexa tenha compatibilidade com Amazon Prime, sabemos que a Netflix é superior em relação a catalogo de filmes.

Conexão com a Internet

As duas possuem tecnologia para se conectar em redes 5 Ghz, no entanto a Google Home apresenta muitas falhas quando conectada em uma rede 5G, por este motivo mantenho a minha conectada na rede 2.4 Ghz, este é um problema corriqueiro nos Gadgets da Google, Já Alexa esta livre desse problema.

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

Quem me acompanha sabe que minha casa é totalmente conectada, com sensores, interruptores inteligentes e sistema de som conectado, as duas assistente possuem compatibilidade com interruptores e tomadas inteligentes, neste quesito as duas cumprem bem a tarefa.

Mas se tratando de personalização e compatibilidade percebi que a Google Home possui muito mais parceria e afinidade com os mais variados dispositivos.

CONSUMO DE ENERGIA

Alexa possui uma potencia máxima de 15W, desta forma em sua maior potencia ela vai consumir, desta forma seu consumo ligada durante o mês inteiro fica algo em torno de 10 KW/h basta multiplicar pelo custo do KW em sua região, como exemplo, na minha cidade o KW custa 0,86 centavos, sendo assim, a Alexa representaria um custo máximo de R$ 8,60, no entanto, entendemos que o dispositivo passa a maior parte do tempo em sua faixa minima de potencia, desta forma este valor caí pra menos da metade.

A Google Home Mini, possui potencia máxima de 11 KW e em espera apenas 0,01 KW, ou seja, neste quesito a Mini é mais eficiente. Levando em consideração os mesmos calulos feitos anteriormente, representaria um valor de R$ 6,02 no mês inteiro, ligada 24 horas por dia caso usasse a potencia máxima, sabemos que este valor é muito menor.

VEREDITO – QUAL COMPRAR?

Sendo direto e sincero com vocês eu compraria a Google Home, mas se você me acompanha até hoje sabe que minha analise é um pouco tendenciosa, pois uso o Google pra tudo na minha vida, uso seus mapas, seus apps de produtividade e vivo dando ok Google na minha casa, inclusive a maioria de vocês ja devem ter visto eu ensinando a fazer um Espelho Inteligente com o Google Assistente. Se você possui um celular com sistema operacional android aconselho disparadamente que você compre uma Google Home, se você tem Chromecast em casa, aconselho mais ainda, pois a experiencia de uso fica bem mais interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba Algo Incrível Preencha seus dados

Preencha seus dados e receba algo incrível.
Não fique fora dessa!